quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Cifra - Planta Imortal - Roberto Ribeiro






6 comentários :

  1. Bom dia meu amigo, quando puder posta está pérola ai pra gente, do grande mestre Marçal. https://www.youtube.com/watch?v=OfrDezahfds

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok, mas passa a letra porque tem parte que eu não entendi nada. Pode ser aqui mesmo.

      Excluir
  2. (Vara de Marmelo)

    Meu braço você não vai ter o prazer de torcer
    Porque eu sou osso duro
    Demais pra você roer, meu braço

    Eu envergo mais não cedo
    Feito vara de marmelo
    Nem tão pouco tenho medo
    Do toque do teu cutelo
    Se algum dia uma saudade
    For bater na sua porta
    Pranto é preço da saudade
    Não da mais Inês é morta, eu falei pra você (refrão)

    Eu sou carne de pescoço
    Tem que ter dentes perfeitos
    Padarango de caroço
    Se não respeitar meu direito
    Saudade é coisa que passa
    Se ela passar por mim
    Eu mando embora na raça
    Tocando meu tamborim, eu falei pra você (refrão)

    Sei que você não me engana
    Com seu veneno de cobra
    Sou papel pra quem se abana
    Mais sua mão não me dobra
    Sempre que for visitar
    De novo sua lembraça
    Vai ser só pra te lembrar
    Que saudade é depois de Barra Mansa, eu falei pra você (refrão)


    (Amor Não É Brinquedo)
    Se quiser se distrair, lique a televisão
    Amor, comigo não
    Se está procurando distração
    O romance terminou mais cedo REFRÃO
    Peço por favor pra não brincar com meus segredos
    Verdadeiro amor não é brinquedo

    Tem que chorar o meu choro
    Sorrir o meu riso
    Sonhar no meu sonho
    Versar nos meus versos, cantar no meu coro
    Na minha tristeza tem que ser tristonho
    Avisa se estais brincando, que eu vou ficar também de brincadeira
    Não choro teu choro não sonho o teu sonho
    Não verso seus versos nem marco bobeira (Se quiser se distrair...) (Refrão)

    Eu te abri o meu peito
    Deixei penetrar na minha intimidade
    Tu conheces meu passado
    A minha mentira e a minha verdade
    Mais se estais deixando furo
    Não estais suportando com dignidade
    Eu fecho esta porta te deixo de fora
    Depois curto uma saudade (se quiser se distrair…) (refrão)

    (Temporal )

    Tira a roupa do varal ô Maria
    Que vai cair temporal

    Relampejou, trovejou
    Escureceu toda serra
    É água que vem do céu
    De se inundar a terra
    Vai matar todo roçado
    Dando fim a plantação
    Trazendo infelicidade
    Para o povo do sertão (refrão)

    Vai ter pingo na pingueira
    De transbordar o ribeirão
    Esse ano não vai ter
    A colheita do feijão
    Vamos ser prejudicado
    O milho vai ser minguado
    Só vamos perdir a Deus
    Capim pra tratar do gado (refrão)

    ResponderExcluir
  3. Tá meu amigo, digitei a letra delas, não achei na net em lugar nenhum, rs. Ta valendo, valeu meu irmão por mais essa, abço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkk...Já perdi as contas de quantas vezes tive que digitar as letras das sugestões.

      Excluir
  4. Cara parabéns...já tinha um tempo que tava procurando a cifra dessa música. Show de bola

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...